Gloss√°rio de Defesa Civil

A

ABRIGADO: Situa√ß√£o de uma pessoa afetada por dano ou amea√ßada de dano em sua habita√ß√£o e que, ap√≥s realizada a triagem socioecon√īmica e definida a necessidade, √© encaminhada a um abrigo.

ABRIGO: Local ou instalação que proporciona hospedagem a pessoas necessitadas.

ACIDENTE: Evento definido ou seq√ľ√™ncia de eventos fortuitos e n√£o planejados, que d√£o origem a uma consequ√™ncia espec√≠fica e indesejada, em termos de danos humanos, materiais ou ambientais;

C

CALAMIDADE: Desgra√ßa p√ļblica, flagelo, cat√°strofe;

CHEIA: Enchente de um rio causada por fortes chuvas ou fusão de neves, elevação temporária e móvel do nível das águas de um rio ou lago;

D

DANO: Medida que define a intensidade ou serenidade da les√£o resultante de um acidente ou evento adverso;

DEFESA CIVIL: Conjunto de a√ß√Ķes preventivas, de socorro, assistenciais e reconstrutivas destinadas a evitar ou minimizar os desastres, preservar a moral da popula√ß√£o e restabelecer a normalidade social;

DESABRIGADO: Desalojado ou pessoa cuja habitação foi afetada por dano ou ameaça de dano e que necessita de abrigo provido pelo sistema;

DESASTRE: Resultado de eventos adversos, naturais ou provocados pelo homem, sobre um ecossistema (vulner√°vel), causando danos humanos, materiais e/ou ambientais e consequentemente preju√≠zos econ√īmicos e sociais;

DESLIZAMENTO: Fen√īmeno provocado pelo escorregamento de materiais s√≥lidos, como solos, rochas, vegeta√ß√£o e/ou material de constru√ß√£o ao longo de terrenos inclinados tamb√©m chamados encostas, pendentes ou escarpas. Fatores como o crescimento desordenado das cidades, com a ocupa√ß√£o de crescente de √°reas de risco t√™m feito com que a ocorr√™ncia de deslizamentos seja alarmante nos grandes centros urbanos nos √ļltimos anos;

E

EMERGÊNCIAS: Situação crítica, acontecimento perigoso ou fortuito, incidente;

ENCHENTE: Elevação do nível de água de um rio, acima de sua vazão normal;

ENXURRADAS: Volume de água que escoa na superfície do terreno, com grande velocidade, resultante de fortes chuvas;

ESTADO DE CALAMIDADE P√öBLICA: Reconhecimento (legal) pelo poder p√ļblico de situa√ß√£o anormal, provocada por desastres, causando s√©rios danos √† comunidade afetada, inclusive √† incolumidade e a vida de seus integrantes;

ESTIAGEM: Período prolongado de baixa pluviosidade ou sua ausência, em que a perda de umidade do solo é superior a sua reposição;

EVENTO: Acontecimento. Em an√°lise de risco, ocorr√™ncia externa ou interna ao sistema, envolvendo fen√īmeno da natureza, ato humano ou desempenho do equipamento, que causa dist√ļrbio ao sistema;

EVENTO ADVERSO: Ocorr√™ncia desfavor√°vel, prejudicial, impr√≥pria. Acontecimento que traz preju√≠zo, infort√ļnio. Fen√īmeno causador de desastre;

G

GRANIZO: Precipita√ß√£o s√≥lida de gr√Ęnulos de gelo, transparentes ou transl√ļcidos, de forma esf√©rica ou irregular. Podem cair isoladamente ou em massas irregulares;

GUARDA MUNICIPAL: Organismo de prote√ß√£o e seguran√ßa municipal, com atribui√ß√Ķes parapoliciais previstas na Constitui√ß√£o Federal;

I

INUNDAÇÃO: Transbordamento de água da calha normal de rios, mares, lagos e açudes ou acumulação de água por drenagem deficiente, em águas não habitualmente submersas;

P

PREJU√ćZO: Medida de perda relacionada com o valor econ√īmico, social e patrimonial, de um determinado bem, em circunst√Ęncias de desastre;

S

SECA: Ausência prolongada, deficiência acentuada ou fraca distribuição de precipitação ou período de tempo seco, suficientemente prolongado, para que a falta de precipitação provoque grave desequilíbrio hidrológico;

SITUA√á√ÉO DE EMERG√äNCIA: Reconhecimento (legal) pelo poder p√ļblico de situa√ß√£o anormal, provocada por desastre, causando danos super√°veis (suport√°veis) pela comunidade atingida;

T

TEMPESTADE: perturba√ß√£o violenta da atmosfera, acompanhada de vento e, geralmente, da chuva, neve, granizo, raios e trov√Ķes;

TEMPORAL: Fen√īmeno meteorol√≥gico caracterizado por fortes chuvas;

V

VENDAVAL: Deslocamento violento de uma massa de ar. Forma-se, normalmente, pelo deslocamento de ar de uma √°rea de alta para baixa press√£o. Ocorre eventualmente, quando da passagem de frentes frias, e sua for√ßa ser√° tanto maior quanto maior a diferen√ßa das "frentes". Os vendavais normalmente s√£o acompanhados de precipita√ß√Ķes h√≠dricas intensas e concentradas, que caracterizam as tempestades. Al√©m das chuvas intensas, os vendavais podem ser acompanhados de queda de granizo ou neve, assim chamados de nevascas.