Socioassistencial

¬†A Assessoria de Vigil√Ęncia Socioassistencial (ASSEVIS) constitui-se como uma fun√ß√£o da assist√™ncia social, assim como a Prote√ß√£o Social e a Defesa de Direitos.

 

Objetivo
  • A vigil√Ęncia socioassistencial objetiva detectar e compreender as situa√ß√Ķes de precariza√ß√£o e de agravamento das vulnerabilidades que afetam os territ√≥rios e os cidad√£os, prejudicando e pondo em risco sua sobreviv√™ncia, dignidade, autonomia e socializa√ß√£o.

 

  • Deve buscar conhecer a realidade das fam√≠lias e as condi√ß√Ķes de vida. Para isso, √© fundamental conjugar a utiliza√ß√£o de dados e informa√ß√Ķes estat√≠sticas e a cria√ß√£o de formas de apropria√ß√£o dos conhecimentos produzidos pelas equipes dos servi√ßos socioassistenciais, que estabelecem a rela√ß√£o viva e cotidiana com os sujeitos nos territ√≥rios.

 

  • As a√ß√Ķes de vigil√Ęncia socioassistencial podem contribuir para aperfei√ßoar os conhecimentos dos trabalhadores da pol√≠tica de assist√™ncia social acerca da presen√ßa de riscos e vulnerabilidades nos territ√≥rios.

 

  • Permitem, tamb√©m, identificar se a localiza√ß√£o dos servi√ßos socioassistenciais est√° em conformidade com as demandas de prote√ß√£o social do p√ļblico de benefici√°rios da assist√™ncia social. Essas informa√ß√Ķes podem e devem contribuir com o aperfei√ßoamento das pr√≥prias pr√°ticas de gest√£o da pol√≠tica, pois auxiliam na formula√ß√£o, no planejamento e na execu√ß√£o das a√ß√Ķes para a popula√ß√£o. Contribuem, tamb√©m, para os processos de monitoramento das a√ß√Ķes planejadas e para a avalia√ß√£o dos resultados alcan√ßados.
ASSEVIS

A ASSEVIS da FASC busca apoiar as atividades de planejamento, organiza√ß√£o e execu√ß√£o de a√ß√Ķes desenvolvidas pela gest√£o e pelos servi√ßos.¬†Tem, dentre suas principais atividades, a responsabilidade de:

  • Elaborar e atualizar, em conjunto com as √°reas de prote√ß√£o social b√°sica e especial, os diagn√≥sticos socioterritoriais do munic√≠pio;
  • Elaborar o Plano Municipal de Assist√™ncia Social, os relat√≥rios anuais de atividades, os anu√°rios estat√≠sticos, entre outros documentos institucionais;
  • Realizar a gest√£o do cadastro de unidades (p√ļblicas e privadas) da rede socioassistencial no Cadastro Nacional do SUAS (CadSUAS) e no Cadastro Nacional de Entidades de Assist√™ncia Social(CNEAS) no munic√≠pio de Porto Alegre;
  • Coordenar o processo de preenchimento de sistemas como o Sistema de Informa√ß√Ķes do Servi√ßo de Conviv√™ncia e Fortalecimento de V√≠nculos (SISC), do Censo SUAS, entre outros, zelando pela qualidade das informa√ß√Ķes coletadas.
  • Orientar quanto aos procedimentos de registro das informa√ß√Ķes referentes aos atendimentos realizados pelas unidades da rede socioassistencial, zelando pela padroniza√ß√£o e qualidade dos mesmos.
  • Construir a√ß√Ķes de monitoramento e avalia√ß√£o, produzindo, sistematizando e analisando informa√ß√Ķes territorializadas.

 

Dados Socioassistenciais

O Sistema de Gestão da Rede Socio-assistencial (Gesuas FASC) foi implantado com o objetivo de qualificar o atendimento por meio da integração de dados entre todas as unidades e serviços da rede municipal.

Acesso para Trabalhadores AQUI

O software monitora¬†o benefici√°rio desde o ingresso no sistema at√© o atendimento oferecido. O¬†Gesuas-Fasc √© uma¬†parceria firmada entre o Minist√©rio P√ļblico do Rio Grande do Sul (MPRS) e o Conselho Gestor do Fundo para Reconstitui√ß√£o de Bens Lesados (FRBL).

WhatsApp Image 2024-07-11 at 10.33.47 (1).jpeg‚Äč