Cuidados pessoais em viagem

Antes de viajar

Os viajantes devem ter precau√ß√Ķes em √°reas com transmiss√£o da dengue, zika, chikungunya e febre amarela (o mosquito Aedes aegypti √© o vetor em √°reas urbanas). Se o seu destino for uma √°rea com transmiss√£o dessas doen√ßas, √© preciso adotar medidas de prote√ß√£o individual, como utiliza√ß√£o de repelente e uso de roupas que protejam as √°reas do corpo mais expostas durante todo o per√≠odo de viagem.

Viagem dentro do Brasil: antes de viajar, consulte no site do Sistema de Monitoramento da dengue, zika, chikungunya - INFODENGUE - sobre a situação epidemiológica local de casos de arboviroses no seu destino.

Em caso de d√ļvida, consulte a se√ß√£o de orienta√ß√£o a viajantes no site da Anvisa.

Sa√ļde do Viajante (ANVISA)

Os viajantes também devem evitar que na sua residência fiquem recipientes ou materiais que possam acumular água durante o período de viagem.

Uso de repelente 

Repelente em crianças

  • Menores de 6 meses: os repelentes devem ser evitados em beb√™s menores de 6 meses. Para proteg√™-los, recomenda-se que sejam usados macac√Ķes compridos ou cal√ßas.
  • Entre 6 meses e 2 anos:¬†Princ√≠pio ativo IR 3535.
  • Maiores de 2 anos:¬†Princ√≠pio ativo Deet, que pode ser usado no m√°ximo em tr√™s aplica√ß√Ķes di√°rias.
  • Dos 2 aos 12 anos: √© poss√≠vel usar compostos com a subst√Ęncia icaridina.
  • Acima de 12 anos: repelentes que cont√™m dietiltoluamida (somente para maiores de 12 anos).

repelentes indicados uso infantil.jpg

A recomenda√ß√£o para uso de repelentes em crian√ßas segue orienta√ß√£o da Organiza√ß√£o Mundial de Sa√ļde. Os produtos citados s√£o permitidos pela Anvisa (Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria).¬†


Repelentes e Inseticidas: Perguntas e Respostas (ANVISA)

 

*Todas as embalagens de repelentes devem trazer expresso o princípio ativo do produto.

Outras medidas eficazes são os mosquiteiros e as telas nas janelas. 

Repelentes para gestantes

O repelente de uso tópico, aplicado na pele, pode fazer parte dos cuidados contra dengue, chikungunya e zika.

Em rela√ß√£o ao uso em gestantes, a recomenda√ß√£o da Anvisa (Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria ) √© clara: n√£o h√° qualquer impedimento para a utiliza√ß√£o desses produtos por mulheres gr√°vidas, desde que os repelentes estejam devidamente registrados na Ag√™ncia.

As recomenda√ß√Ķes de uso descritas no r√≥tulo de cada produto devem ser seguidas √† risca. Os produtos √† base de DEET n√£o devem ser usados em crian√ßas menores de dois anos. Entre 2 anos e 12 anos, a concentra√ß√£o m√°xima do produto deve ser de 10% e a aplica√ß√£o deve se restringir a tr√™s vezes por dia. Alguns cuidados devem ser observados no uso:

Repelentes devem ser aplicados nas áreas expostas do corpo e por cima da roupa; A reaplicação deve ser realizada de acordo com indicação de cada fabricante; Para aplicação da forma spray no rosto ou em crianças, o ideal é aplicar primeiro na mão e depois espalhar no corpo, lembrando sempre de lavar as mãos com água e sabão depois da aplicação.

Em caso de contato com os olhos, é importante lavar imediatamente a área com água corrente.

Além do DEET, os princípios ativos mais recorrentes em repelentes no Brasil são utilizados em cosméticos: o Icaridin e o IR 3535, além de óleos essenciais, como a Citronela. Embora não tenham sido encontrados estudos de segurança realizados em gestantes, estes princípios são reconhecidamente seguros para uso em produtos cosméticos conforme regulamentação do setor.

No retorno a Porto Alegre

√Č importante que as pessoas que viajaram para locais com transmiss√£o viral (transmiss√£o do v√≠rus) informem ao m√©dico caso apresentem os sintomas das doen√ßas.

Se o m√©dico suspeitar de uma dessas doen√ßas, ele dever√° notificar √† vigil√Ęncia epidemiol√≥gica do munic√≠pio. Essa informa√ß√£o √© fundamental para que se tenha o controle da transmiss√£o da dengue, zika, chikungunya e febre amarela na cidade.

 

flyer dengue - Digital-2_page-0001.jpg

 


Mapa desenvolvido por: logo ecovec
Acompanhe também: logo_rs_contra_aedes
Informa√ß√Ķes e den√ļncias:fala poa